tvmais

em parceria com a Activa

Perfil

Casos de polícia

Como ajudar os bombeiros no combate aos fogos

A tragédia que deflagrou em Pedrógão Grande, distrito de Leiria, está a mover mais de 700 operacionais.

tvmais

Rafael Marchante

O incêndio que deflagrou ontem, dia 17, em Pedrógão Grande, distrito de Leiria, já causou pelo menos 62 mortos e 57 feridos. São mais de 700 os operacionais, em 226 veículos e seis meios aéreos, que combatem as chamas.

São várias as unidades em diversos pontos do País que estão a recolher água,leite, fruta e outros alimentos, entre os quais barras de cereais, bolachas, enlatados e outros produtos de validade longa. Estes produtos podem ser imediatamente entregues aos quartéis de Pedrógão Grande, Castanheira de Pêra, Figueiró dos Vinhos e à Base do INEM de Avelar. Também outros quartéis estão a aceitar estes alimentos, que depois serão entregues aos operacionais no terreno.

Quem está perto destas localidades deverá cumprir as ordens dos operacionais de modo a não se colocar em situações de risco nem prejudicar os trabalhos que estão a ser feitos para a extinção dos fogos.

Recorde-se que o fogo deflagrou numa área florestal em Escalos Fundeiros, em Pedrógão Grande, e alastrou-se aos municípios vizinhos de Castanheira de Pera e Figueiró dos Vinhos. Espanha já disponibilizou dois Canadair, que estão empenhados no combate ao incêncido, sendo que durante a tarde de hoje deverão chegar mais três meios aéreos franceses, garante a Proteção Civil.