tvmais

em parceria com a Activa

Perfil

Casos de polícia

O caso da mulher que está há 10 anos em estado vegetativo e teve um bebé

A mulher estava sob os cuidados de uma casa de repouso nos Estados Unidos, onde terá sido violada.

TvMais

Istock

A polícia do Estado do Arizona, nos Estados Unidos, abriu uma investigação de violação depois de uma mulher que está em estado vegetativo há 10 anos ter dado à luz a um menino, no dia 29 de dezembro. O caso foi revelado por um canal de televisão norte-americano e ganhou destaque porque a mulher está sob os cuidados de uma casa de repouso na cidade de Phoenix, onde terá sido violada. O diretor do local já pediu demissão e a polícia está a recolher o ADN de todos os funcionários homens.

A mulher é membro de uma tribo indígena Apache, tem 29 anos e ficou em estado vegetativo ainda na adolescência, depois de quase se afogar. O presidente da tribo, Terry Rambler, disse num comunicado de imprensa que a comunidade está “profundamente chocada e horrorizada pelo tratamento dado a um de seus membros.”

Recentemente o advogado da família da vítima, John Micheaels, disse também num comunicado divulgado pela imprensa norte-americana, que os familiares estão “traumatizados e em choque pelo abuso e a negligência da casa de repouso para com a sua filha” e que apesar de estarem “cientes das intensas notícias e interesse público sobre o caso, não estão emocionalmente prontos para dar um depoimento público.”

Familiares de pacientes da casa de repouso também falaram à rede de televisão "CBS News": “Estão todos em choque. A confiança foi totalmente quebrada”, disse Karina Cesena, mãe de uma paciente.

Segundo o comunicado emitido pelo advogado dos pais da mulher violada, o bebé nasceu com saúde e está “aos cuidados de uma família amorosa”.