tvmais

em parceria com a Activa

Perfil

Televisão

'Love on Top'. Érica em lágrimas pelo sofrimento da família

A madeirense mostrou o seu lado mais sensível.

tvmais

DR

A rebeldia de Érica Silva deu tréguas durante uma entrevista concedida a Flávio Furtado antes de entrar em “Love on Top 4”, onde agora é concorrente. A madeirense garante que é uma mulher feliz, apesar de ainda lhe faltarem algumas coisas para se sentir completa, mas confessou o sofrimento pelo mal que tem acontecido aos que lhe são mais próximos. “Neste momento, o que me faz chorar é não ter saúde. É ter quem podia estar bem... graças a Deus, a minha família, que tem tido doenças graves, tem ultrapassado isso. Se calhar somos abençoados, por sermos uma família unida”, partilhou Érica enquanto as lágrimas lhe caíam pela face. “Tenho medo de perder as pessoas que amo, principalmente a minha família. Há tanto cabr** aí que merecia e fica aí a viver, a rir e a usufruir das coisas. E pessoas inocentes, que nunca na vida fizeram mal a ninguém, têm essas doenças, as piores, e sofrem”, acrescentou, em tom de desabafo, revoltada com o que os seus familiares têm passado.
A pessoa mais importante da sua vida é a mãe, Dora, e Érica nem consegue imaginar a sua vida sem ela: “Queria morrer antes da minha mãe. É a pessoa que mais amo”. Apesar de ter orgulho na filha, Dora já sofreu pelas suas aventuras. “Na altura da Casa disseram-lhe que ela devia ter o coração negro pela filha que tinha”, lembrou.

DR