tvmais

em parceria com a Activa

Perfil

Televisão

Manuel Luís Goucha com medo do novo programa de Cristina Ferreira? Apresentador responde!

O anfitrião de "Você na TV!" prepara, com expetativa, o arranque do próximo ano a nível profissional.

Filomena Araújo

Arquivo

Manuel Luís Goucha conversou com a TvMais recentemente, desvendando um pouco do que o público pode esperar de "Você na TV!" no início do próximo ano. Interrogado sobre a nova concorrência, o apresentador da TVI referiu que não está preocupado com o novo programa de Cristina Ferreira, sua antiga parceria televisiva, na SIC.

Está preocupado com “O Programa da Cristina”?
Não. Muito tranquilo. Consciente de que será uma forte e criativa concorrência. Não posso menosprezar o “inimigo”. A partir do dia 2 de janeiro, a luta vai ser dura e renhida, mas, ao mesmo tempo, estou muito estimulado para enfrentar a concorrência. O facto de saber que do outro lado está alguém que faz TV brilhantemente, com boas ideias e muito bem acompanhada em termos de equipa, é muito estimulante para mim, mas também para a minha equipa e para a Maria Cerqueira Gomes. Ela que vai começar um fulgurante percurso na TV generalista.

Está preparado para perder?
Todos os dias estou preparado para isso: “não são favas contadas”. Claro que ganhar todas as manhãs durante tantos anos nos deu uma sensação de deixa andar. Mas agora não. Estamos alerta e com vontade de ganhar. Mas a guerra nunca estará ganha, mas pequenas batalhas. Cada um está do seu lado e os dois vamos querer ganhar.

Vai ficar aborrecido se perder no dia da estreia da Cristina, a 7 de janeiro de 2019?
Se, porventura, isso acontecer, será natural porque as pessoas têm curiosidade em ver um programa diferente em relação à embalagem e não só. Essa pequenina derrota será para mim do dia anterior... Vejo as audiências às 9 h e às 10 h começo outra batalha e ainda com mais fervor para ganhar. A vida faz-se de perdas e ganhos. Não me posso queixar porque a minha vida tem sido um somatório de ganhos. Se tiver uma perda ou outra, logo se verá, mas não quero.


Nesse dia, vai estar a fazer o seu programa de olho na concorrência?
Não. Nunca vejo os meus programas, quanto mais os da concorrência. Tenho de estar focado no meu e não tenho uma televisão no estúdio. Nesse dia, estarei a dar os meus braços e a minha alma a uma parceira nova. Começa ali uma vida a dois. Só estive com a Maria duas vezes, quando ela foi ao programa e num almoço. Voltarei a vê-la na estreia. O meu foco é amparar, apoiar e dar-lhe as mãos num programa que será novo.

Mas não vai ter curiosidade em ver?
Quando chegar a casa, possivelmente, poderei ver o programa da Cristina.

Que trunfos terá “Você na TV!” no novo ano?
É a Maria Cerqueira Gomes, com toda a alegria e espontaneidade. Teremos novos colaboradores, novas rubricas... Será ainda mais próximo do público. Terá um toque afetuoso, e nisso conto com a colaboração do Rui. Ele é mais de afetos do que eu, abraça as pessoas, não fica à espera de que uma senhora vá ter com ele, avança logo. Haverá esse toque do Rui no terreno. É curioso ver como as pessoas lidam com ele, abraçam-no e gostam.

Foi sua a ideia de ter o Rui no programa?
Não. Foi da Rosa Cullell [administradora delegada da Media Capital]. Na primeira reunião que tivemos, ela disse-me. “Quero o Rui no ‘Você na TV’!”

E como lhe terá surgido essa ideia?
Tem a ver com uma ida do Rui, há dois anos, ao programa “A Tarde é Sua”, quando eu estava a substituir a Fátima Lopes e tinha acabado de sair o nosso livro de receitas. Ele foi cozinhar e estive ao lado dele. Foi tão divertido que durante uma meia hora atingiu-se um milhão de espectadores. Naquela altura, houve logo na TVI quem pensasse porque não aproveitar os dois. O próprio João Patrício [diretor de Conteúdos], que está agora a trabalhar com a Cristina Ferreira, várias vezes passou pelo Rui e disse-me: “Quero é o Rui, quero trabalhar com ele”.

[Excerto de entrevista publicada na edição n.º1352]

Veja no vídeo a promoção de "Você na TV!" com Manuel Luís Goucha e Maria Cerqueira Gomes!