tvmais

em parceria com a Activa

Perfil

Famosos

Saiba quais foram os divórcios mais caros de Hollywood

Os acordos ultrapassam os milhões de euros!

TvMais

DR

JOHNNY DEPP & AMBER HEARD

O casal ficou menos de dois anos juntos, e o divórcio foi acompanhado por acusações de violência doméstica por parte da atriz. Em 2016, Amber Heard recebeu pouco mais de 6 milhões de euros no acordo, valor que doou para a caridade.

Divulgação

MEL GIBSON & ROBYN MOORE

Foram mais de 30 anos de casamento quando o casal decidiu separar-se em 2016. Avaliado como o divórcio mais caro da história, os dois dividiram a fortuna do ator, de mais de 730 milhões de euros, e Robyn Moore levou cerca de 370 milhões de euros.

DR

MADONNA & GUY RITCHIE

Foi considerado o divórcio do ano. Em 2008, a cantora e o realizador terminaram os quase oito anos de casamento. Na época, foi noticiado que Madonna pagou ao ex-marido um valor entre 65 e 80 milhões de euros.

Divulgação

MICHAEL & JUANITA JORDAN

O casamento de 17 anos terminou em 2006, depois de algumas tentativas de divórcio anteriores. Segundo a revista “People”, Juanita recebeu um dos maiores valores já pago num divórcio, cerca de 145 milhões de euros.

Divulgação

HARRISON FORD & MELISSA MATHISON

O ator foi casado com a guionista durante 21 anos, mas o divórcio, em 2004, foi um dos mais caros de Hollywood. Segundo a revista “Forbes”, Mathison levou algo em volta dos 73 milhões de euros.

DR

PAUL MCCARTNEY & HEATHER MILLS

Mccartney e Mills casaram em 2002, e depois de quatro anos juntos, protagonizaram um dos divórcios mais mediáticos e caros de sempre. A revista “People” estima que a ex-mulher de Mccartney tenha embolsado cerca de 43 milhões de euros.

DR

DONALD & IVANA TRUMP

O atual presidente dos Estados Unidos já esteve envolvido num divórcio muito caro. Trump traiu Ivana, a sua primeira mulher com quem foi casado entre 1977 e 1992, num grande escândalo que fez correr muita tinta na época. O valor estimado do acordo de divórcio é de 20 milhões de euros.